Weby shortcut
Youtubeplay
ENG

Nem só de números vive a Engenharia

Alunos dos cursos de Engenharia da Regional Catalão promovem ações sociais para ajudar famílias e entidades filantrópicas

Natália Esteves

 

Nem só de números vive a Engenharia

 

“Quando a inteligência e a bondade ou afeto são usados em conjunto, todos os atos humanos passam a ser construtivos”. A frase é do monge e líder espiritual do budismo tibetano, Dalai Lama. Em Catalão, mesmo sem conhecer ou seguir a doutrina, alguns estudantes da UFG estão colocando em prática as palavras do líder que servem de incentivo e perpassam gerações.

Ajudar famílias carentes, visitar creches ou lares de idosos nem sempre estão entre as opções preferidas de jovens universitários quando ingressam na vida acadêmica, mas para os estudates dos cursos de  cursos de Engenharia Civil, de Minas e de Produção da Regional Catalão da UFG,  ações sociais agora fazem parte da rotina, com o projeto Engenheiros do Bem.

O projeto surgiu com a criação da Liga das Engenharias UFG Catalão. A iniciativa foi do aluno Gilvan de Sousa Amorim Júnior, do curso de Engenharia de Minas. “Elegemos quatro representantes de cada curso que se identificavam com o desenvolvimento de ações sociais. Com o crescimento do grupo, houve o desmembramento da Liga das Engenharias, e hoje atuam cerca de 50 pessoas”, detalha o estudante.

 

projeto Engenheiros do Bem Regional Catalão da UFG,

 

Segundo Gilvan Júnior, as atividades do grupo, criado em 2015, estão completando um ano, entre elas visitas a creches, Associação Pestalozzi, que atende crianças com necessidades especiais, distribuição de cestas básicas, arrecadação e doação de alimentos e roupas e a adoção de cartas de Natal nos Correios.

A estudante de Engenharia de Minas, Jhéssika Leonel, participa do grupo desde sua fundação. “Eu sempre fui ligada à ações de caridade, já coordenei o ministério da caridade do grupo de jovens que eu participava e sempre gostei. Quando vi que os meninos estavam montando esse projeto, me interessei na hora e decidi participar”. A iniciativa recebe o auxílio da Universidade na liberação de espaços físicos para realização de eventos e tem também o apoio da direção da Regional Catalão, de professores que auxiliam no projeto e do Setor de Assuntos da Comunidade Universitária (Secom).

Liga das Engenharias

Categorias : Universidade Edição 81

Listar Todas Voltar