Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Youtubeplay db0358e6953f0d0ec2cd240bca6403729d73b33e9afefb17dfb2ce9b7646370a
Equipe Jornal UFG icon

É hora de celebrar a história e continuar na busca por mudanças

Nesta edição, o Jornal UFG completa 10 anos, consolidado como veículo institucional da Universidade

Equipe do Jornal UFG 2016

Angélica Queiroz, Kharen Stecca e Michelle Martins*

Há 10 anos, a UFG divulgava a primeira edição do Jornal UFG. Com editorial do então reitor, Edward Madureira Brasil, ele conclamava o início de uma política de comunicação da Universidade e uma expectativa: que a perenidade do Jornal UFG só ocorreria, caso ele se mostrasse um veículo a serviço do ensino, da pesquisa, da extensão e da cultura, abrindo canais de divulgação que garantissem oportunidades de expressão à comunidade universitária.

“O Jornal UFG, que ora apresentamos, faz parte de uma política de comunicação baseada nos princípios da pluralidade, da diversidade, da liberdade, da democratização do acesso à informação. Estamos convictos de que este veículo só será perene se realmente se firmar como espaço democrático de comunicação a serviço do ensino, da pesquisa, da extensão e da cultura; se abrir canais eficientes de divulgação científica; se garantir oportunidades de expressão aos vários segmentos da comunidade universitária; se se consolidar, efetivamente, como uma ferramenta de difusão de conhecimentos e informações, comprometido com a inclusão social e cultural”.

No mesmo editorial, Edward Madureira fala ainda de um mundo em crises de diferentes naturezas, cenário que, dez anos depois, ainda persiste, especialmente com o agravamento da crise política e econômica vivida no Brasil este ano. Nesse contexto, temos o desafio de continuar reforçando o papel da universidade como instituição que deve buscar respostas às demandas sociais. Com mesas-redondas, entrevistas e reportagens sobre assuntos polêmicos, atuais e decisivos, tentamos mostrar diferentes pontos de vista e manter nossa missão de combater posturas e atitudes antidemocráticas.

Em seu décimo ano, após 79 edições publicadas, muitas lutas, greves, períodos de intensa produção, dificuldades e também inovações, continuamos firmes no propósito de manter a democratização do acesso à informação. E fomos além: hoje o Jornal UFG é um dos vários veículos institucionais da UFG, integrado ao esforço de se consolidar em uma verdadeira política de comunicação para a universidade. Enquanto, no início, a preocupação era a periodicidade, na edição 50, em março de 2012, esse desafio já era considerado vencido. Para a então editora geral do Jornal UFG e professora da Faculdade de Informação e Comunicação, Silvana Coleta, o veículo vinha cumprindo com sua missão.

“Uma incessante capacidade crítica e olhos abertos para as possibilidades de aperfeiçoamento são fundamentais para que o Jornal UFG se consolide como um referencial de leitura e de divulgação da produção acadêmica e dos caminhos da universidade em todas as áreas. A disponibilidade de um material que pode ser encontrado nos corredores da instituição e consumido em curto, médio e longo prazo contribui para a ampliação da visibilidade do conteúdo publicado. Ao divulgar os saberes produzidos na academia e ao propor a discussão de temas do presente e do passado da universidade, o Jornal UFG cumpre a missão de fortalecê-la e, também, de contribuir para o crescimento humano e intelectual de todos que a compõem”.

No ano passado, em nosso nono aniversário, ganhamos nova identidade visual influenciada por elementos mais sofisticados, com conteúdos mais fluidos, utilização de nova tipografia, organização da página de forma mais leve e inserção de mais recursos gráficos. As mudanças no projeto gráfico e editorial foram resultado de ampla pesquisa com a comunidade universitária, reforçando nossa vontade de entender e estar próximo ao nosso público. As alterações visuais, que seguiram a tendência atual dos impressos em promover maior interação com os leitores, incentivam a participação, valorizando ainda mais o conteúdo produzido. Agora, para comemorar os dez anos, o Jornal UFG passa a ser todo colorido.

Desde seu nascimento, o Jornal UFG tem tentado abarcar a complexidade da instituição e, também, da sociedade. Evidenciando ora temas de pesquisa, ora temas polêmicos em pauta na nossa realidade. Muitos contribuíram para chegarmos até aqui. Estagiários, diagramadores, editores, repórteres, professores, técnicos-administrativos, bolsistas, fotógrafos, entre outros. Em nome da necessidade de sempre buscar o novo um dos destaques desse mês é uma matéria sobre aplicativos para smartphones e tablets desenvolvidos na UFG que atendem diversas necessidades como, por exemplo, a promoção da responsabilidade social e o combate a doenças como a dengue.

Para além do novo é preciso também buscar a sustentabilidade, tema que será discutido na matéria “Sistema aproveita água do ar-condicionado”, que mostra um projeto da Escola de Engenharia sobre reuso da água do ar-condicionado. A mesa-redonda traz um outro lado da sustentabilidade, que deve ser buscada na produção pecuária, uma das áreas de destaque da economia brasileira e que também precisa ser repensada. Até mesmo a entrevista com o Presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Produção, Milton Vieira Junior, traz à tona a ideia de sempre buscar a inovação e destaca o empreendedorismo como um desses caminhos, neste caso, para o mercado da engenharia. Em nome dessa necessidade, seguiremos sempre na tentativa de buscar esse caminho de mudança, de crescimento e inovação.

* Equipe Jornal UFG

Categorias : editorial Edição 79 #Editorial

Listar Todas Voltar