Weby shortcut
Youtubeplay

Projeto da Regional Goiás promove reuniões sobre saúde popular

Logo Jornal

Publicação da Assessoria de Comunicação da Universidade Federal de Goiás 
ANO VII – Nº 69 – Novembro/Dezembro– 2014

Projeto da Regional Goiás promove reuniões sobre saúde popular

Texto: Michele Martins

Por meio de uma parceria entre a UFG e a Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular e Saúde (Aneps), ocorre de abril de 2014 a abril de 2015, o projeto de extensão Saberes, fazeres e sabores: encontros de saberes e práticas integrativas da Política Nacional de Educação Popular e Saúde (PNEPS) em Goiás e articulações com o Centro-Oeste.  O projeto, coordenado pela professora do curso de Direito da Regional Goiás, Fernanda Sousa Oliveira, visa contribuir com a divulgação e implementação da PNEPS no âmbito do SUS.

A iniciativa surgiu para atender à  Resolução nº 9, de dezembro de 2013, do Ministério da Saúde (MS) que estabelece estratégias e ações que orientam o plano operativo para implementação da PNEPS-SUS. Fernanda Sousa Oliveira informou, que as ações ocorreram a partir do diálogo e da problematização das necessidades locais na área da saúde para a construção compartilhada do conhecimento com a construção do projeto democrático e popular. “São as experiências populares no trato com a relação saúde-doença que darão suporte aos diálogos, para posteriormente, termos condições de compilar os dados focados nestas ações populares para a obtenção/manutenção da saúde”, disse a professora. 

O engenheiro eletricista do Centro de Gestão de Espaço Físico (Cegef) da UFG, Manfred Schaitl, também avalia como fatores para a sobrecarga nos circuitos da região a criação de empreendimentos como o Shopping Passeio das Águas e loteamentos. Outro problema na distribuição seria a distância entre a universidade e a subestação. “Por ser uma rede que percorre uma distância muito grande, as influências do trecho têm provocado uma baixa qualidade da energia”, explicou Manfred Schaitl.

De acordo com Fernanda Sousa, até o momento, foram realizadas três rodas de diálogos. Uma delas ocorreu na Regional Goiás, com a participação de 56 pessoas entre agentes de saúde, representantes políticos, usuários do SUS, líderes de movimentos sociais da localidade, além de estudantes e professores da UFG. Em Senador Canedo e em Goiânia, cerca de 140 pessoas participaram. Em Cuiabá, nos dias 20, 21 e 22 de novembro, houve um encontro regional para discutir os desdobramentos da PNEPS e fortalecer as práticas populares de saúde. Nos meses de janeiro a abril de 2015 as rodas de diálogos serão realizadas novamente em Ceres, Cidade de Goiás Goiás, Hidrolândia, Rio Verde e Aparecida de Goiânia. Segundo a professora, os resultados obtidos até o momento revelam o crescente interesse da população em se tornar parte ativa da construção de um projeto político, democrático, inclusivo e solidário.

Categorias : Regional Goiás saúde popular Educação Popular e Saúde

Arquivos relacionados Tamanho Assinatura digital do arquivo
69 p16 231 Kb 0735e34fa93152a37b3ca041d9cd4440
Listar Todas Voltar